Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

A técnica da moldagem é a protagonista. O objectivo é evidenciar a importância e o potencial artístico, "não só na escultura", frisa a nota de imprensa, "mas também em vários aspectos do quotidiano" (a impressão 3D, por exemplo).


Peças da colecção de gessos históricos da Faculdade de Belas-Artes de Lisboa entram em diálogo com obras de artistas contemporâneos que exploram este campo. São eles Jumana Manna, David Bestué, Christine Borland, Steven Claydon, Michael Dean, Aleksandra Domanovic, Simon Fujiwara, Asta Gröting, Oliver Laric, Charlotte Moth, Jean-Luc Moulène, Francisco Tropa, Xavier Veilhan, Marion Verboom, Daphne Wright, Heimo Zobernig, Marie José Burki e Rogério Taveira.

Com curadoria de Penelope Curtis, a exposição é co-produzida pela Fundação Gulbenkian e as Beaux-Arts de Paris, onde esteve patente entre Dezembro de 2019 e Fevereiro de 2020.