O Guia de Lazer já não é actualizado

Leia-nos no Ípsilon, Fugas e Relaxar

Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Pilhas de Bagdade, o Pavilhão de Barcelona, o teste de Rorschach e a Capela Sistina. Estes foram os pontos de partida do artista Christian Andersson na sua segunda individual na Cristina Guerra Contemporary Art, em Lisboa. Até 16/10.


Aparentemente não existe ligação entre os elementos referidos, mas Christian Andersson (n.1973, Estocolmo) utiliza todos eles nos novos trabalhos apresentados. Segundo o crítico Chris Sharp, o artista "interessa-se pelos mecanismos históricos e psicológicos que atribuem a certo objecto, ideia ou fenómeno, o seu lugar indiscutível no espaço e no tempo".

PÚBLICO