Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Marco Martins encena uma reflexão fragmentada e mutante sobre a filiação e a figura paterna.


Construída ao longo de um ano de trabalho, a dramaturgia está radicada em memórias pessoais dos dois actores – Beatriz Batarda e Romeu Runa – e em textos de Sófocles, Shakespeare, Kafka, Francis Bacon, Sylvia Plath, Siri Hustvedt, Peter Kubelka, Édouard Louis, Gonçalo M. Tavares e muitos outros autores.