Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

Depois de "Boris Yeltsin" e "Oslo - Fuck them All and Everything Will Be Wonderful", Mickaël de Oliveira e Nuno M Cardoso tornam a trabalhar em dupla. A peça baseia-se no termo cunhado por Derrida, no sentido de propor, segundo a sinopse, "um exercício espectral sobre a persistência de visões radicais e projecções utópicas que acabaram por falhar e que, como fantasmas, assombram – ainda que a partir da ausência – a nossa contemporaneidade".


Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 0 votos
(carregue na posição pretendida para votar)