Guialazer

Eu vou (1 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

"Bonecas nasce sobretudo da vontade de mostrar a violência a que podemos ser submetidos e aquela que podemos exercer". As palavras são de Ana Luena, que encena e co-dirige (com José Miguel Soares, o outro fundador da Malvada Associação Artística), uma peça que remete para a infância, mas deixa a candura à porta.


Baseia-se num conto inédito escrito por Afonso Cruz, por sua vez inspirado num caso real ocorrido num orfanato feminino dos anos 1960. Ao mesmo tempo, evoca a violência e o grotesco do imaginário pictórico de Paula Rego. O público é assim conduzido, segundo a nota de imprensa, "por territórios femininos e cruéis" em que as tais bonecas "são prisioneiras na sua própria condição de vítima".

Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 0 votos
(carregue na posição pretendida para votar)