Guialazer

Por PÚBLICO

Momentos da Revolução Francesa, bailados de Hans van Manen e a rainha da pop em modo "Madame X".


"A Morte de Danton"
Nuno Cardoso encena o drama realista em que Georg Büchner descreveu os momentos mais tumultuosos da Revolução Francesa, a partir da figura de Georges Danton, revolucionário que acabaria na guilhotina. Albano Jerónimo dá vida ao protagonista. A peça está em cena no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, com sessões quarta e sábado, às 19h; quinta e sexta, às 21h; e domingo, às 16h, até 19 de Janeiro. Bilhetes de 9€ a 16€.

Três bailados de Hans van Manen
A Companhia Nacional de Bailado condensa num só espectáculo três bailados do coreógrafo holandês Hans van Manen: "Adagio Hammerklavier", peça para três casais com partitura de Beethoven; "Short Cut", para quatro bailarinos com música de Jacob ter Veldhuis; e "In The Future", dançado por uma dúzia de bailarinos ao som de David Byrne e com figurinos de Keso Dekker. Sexta, às 21h, e sábado, às 19h, no Teatro Rivoli do Porto. Bilhetes a 9€.

Madonna
A rainha da pop apresenta-se como "Madame X", título da digressão e do álbum que lançou em 2019, recheado de influências recolhidas na Lisboa que a acolheu. Contou, por exemplo, com as Batukadeiras, com o guitarrista português Gaspar Varela e com o cantor Dino d’Santiago, sem esquecer a versão do "Faz gostoso" de Blaya. No Coliseu dos Recreios, em Lisboa, domingo, às 21h30 (repete nos dias 14, 16, 18, 19, 21, 22 e 23). Bilhetes de 75€ a 400€.