Guialazer

Por Rita Pimenta

Conhece aquela situação incómoda de se terminar um livro? Ficamos como que órfãos das personagens que nos acompanharam durante algum tempo. Às vezes, até fazemos a leitura render… para que o fim da história chegue mais tarde. E a verdade é que quando chega nem sempre nos satisfaz.


Neste livro, o protagonista, na infância, tinha por ambição "consertar os finais das histórias". Diz ele que "é muito frequente as histórias acabarem na melhor parte… e da pior maneira". Outras vezes, os "finais são complicados demais" ou "demasiado tristes". Também há os "difíceis de engolir", os "totalmente incompreensíveis", os "demasiado lamechas" e os "demasiado estúpidos". Entre outros.

Segue-se um elogio (declaração de amor!) a todas as histórias – "são o que eu mais adoro no mundo inteiro".

Estas afirmações são acompanhadas de ilustrações divertidas, cheias de subtilezas e de diferentes níveis de leitura. Aplauso para a ideia de um "final estúpido", que a autora ilustra com um muro bem alto.

Um universo colorido alterna nas páginas com um outro a preto e branco, "num trabalho para ratinhos" muito eficaz. Só lendo/vendo se entenderá melhor.

Noemi Vola formou-se na Academia de Belas-Artes de Bolonha e fundou a revista para crianças "Bianca". "Fim? Isto não Acaba assim" venceu, em 2017, a segunda edição do Prémio Internacional de Serpa para Álbum Ilustrado (parceria Câmara Municipal de Serpa/ Planeta Tangerina). Foi editado em Maio de 2018 e é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

O final da vossa história será o que escolherem. Mas nunca arruínem o que ficou para trás.

Fim? Isto não Acaba Assim
Texto e ilustração | Noemi Vola
Tradução | Isabel Minhós Martins
Lettering | Joana Pardal
Revisão de texto | Carlos Grifo Barbo
Edição | Planeta Tangerina
48 págs.; 12,90€

________________ 

Mais Letras Pequenas... Guinness World Records 2019

Veja também... Letra Pequena, um blogue (quase sempre) sobre livros para crianças e jovens.