Guialazer

Por PÚBLICO

Há quem prefira fogo-de-artifício, quem não dispense as passas e quem insista em ter boa música. Seguem algumas propostas com entrada livre para celebrar a grande contagem decrescente a céu aberto. Vá pelo seu gosto e... Feliz ano novo!


Lagos
Os D.A.M.A. fazem a introdução com êxitos como "Não dá", "Às vezes" ou "Não faço questão", à mistura com as novidades de "Lado a Lado" (2017), o terceiro álbum de originais. Segue-se o fogo-de-artifício e a entrada em 2018 ao som d'Os Meninos da Vadiagem.

Albufeira
O rock dos Xutos não morreu com Zé Pedro. O concerto de fim de ano na Praça dos Pescadores é o primeiro da banda sem o icónico guitarrista. Sobem ao palco depois do fogo-de-artifício que se segue à actuação de Agir.

Quarteira 
O projecto musical Sou Quarteira abre o palco da Praça do Mar com artistas como Dino D'Santiago, Carol Vieira, Sara Lawrance, Bertílio Santos ou Colton Benjamin. As atenções viram-se então para a pirotecnia à beira-mar, para depois se fixarem em música dos anos 1980.

Faro 
À cabeça do cartaz surgem as canções de Tiago Bettencourt (com destaque para o álbum mais recente, "A Procura") e as misturas de DJ Ride.

Évora 
A animação começa ao bom velho estilo americano dixieland, com a banda Seven Dixie, segue com fogo-de-artifício e termina nas mãos de uma trupe de DJ.

Almada
Com o rio Tejo e a Fragata D. Fernando II e Glória como cenário, a festa é feita com Os Azeitonas e fogo-de-artifício.

Lisboa 
Uma série de concertos anima a Praça do Comércio ao longo de três dias. Êxitos da música portuguesa ganham nova vida nas vozes de Ana Bacalhau, Ana Deus, Lena D'Água, Viviane, Xana, Rui Pregal da Cunha, Samuel Úria e muitos outros. O fogo-de-artifício no Tejo não falta à chamada.

Santarém
Depois das doze badaladas e do Monumental Fogo-de-Artifício, o Jardim da Liberdade convida a entrar no novo ano ao som de Diogo Piçarra e do DJ Paulino Coelho.

Coimbra
A festa na rua faz-se em duas frentes principais: no Largo da Portagem, há fogo-de-artifício no Mondego e "Mais" dos HMB; na Praça do Comércio, é a veia punk dos Peste & Sida e a electrónica-hip-hop-rock dos Karetus (André Reis e Carlos Silva) que se encarregam dos festejos.

Figueira da Foz 
A contagem descrescente começa a 29 com Diogo Piçarra e a figueirense Inês Simões, prossegue a 30 com David Carreira e culmina a 31 no concerto de Pedro Abrunhosa, intercalado com um espectáculo piromusical.

Guarda 
A mais "Alta Passagem de Ano" do país tem um anfitrião à altura das boas vibrações pedidas para a ocasião: Richie Campbell, que tem elevado o reggae aos lugares cimeiros das tabelas e do "airplay" nacionais. Fogo-de-artifício incluído.

Porto 
A grande festa popular da Invicta começa com a soul de Aurea, passa por um espectáculo de fogo-de-artifício e segue com os Amor Electro. Isto na Avenida dos Aliados. Em alternativa, há concertos e actuações de DJ em praças da cidade.

Vila Real 
Arraiais, animação de rua e o tradicional madeiro de ano novo aquecem a cidade para a entrada em palco do DJ Miguel Simões e, depois da meia-noite, dos GNR.