Guialazer

Por Rita Pimenta

Construir fantoches a partir de meias é a proposta de mais um livro da colecção Fazer & Criar. Além das técnicas e dicas para construir bonecos diferentes, o livro dispõe de alguns materiais para a sua realização: "Uma supermeia, pompons fofinhos, feltros coloridos, arames felpudos, olhinhos e cola."


Há também alertas pertinentes, como este: "As tesouras e os arames felpudos têm pontas afiadas. Usa-os com a supervisão de um adulto." A editora sugere que os artesãos tenham pelo menos oito anos de idade.

Em tempo de férias escolares, este exercício de trabalhos manuais ou de artesanato pode ajudar a ocupar o tempo das crianças e dos adultos de forma criativa. E em conjunto.

Não é obrigatório construir exactamente as personagens sugeridas, nem se espera que fiquem perfeitas, mas no final há que lhes dar vida e inventar diálogos e encenações para que todos se divirtam.

Os momentos de brincadeira são das melhores memórias que filhos e pais guardam uns dos outros. Mas, para isso, é preciso disponibilidade e tempo. De preferência, sem ecrãs por perto.

Propostas de fantoches: Ovelha guedelha ("méé! méé!"), Nessie do Lago Ness ("sou um monstro muito amigável!"), Dentadas, o tubarão ("nham! nham!"), Brasinhas, o dragão ("snap! snap!"), Zog, o extraterrestre ("saudações, terráqueos!"), As Porquinhas, Posie e Petal ("estas porquinhas foram ao bailado") e o Monstro do Lixo ("olá a todos").

No início de cada sugestão, indica-se o material de que o artesão irá necessitar. Depois, descreve-se cada passo da construção do boneco. Sempre de forma clara e com a ajuda de imagens esclarecedoras, como nas receitas culinárias.

No arranque deste "manual", há algumas instruções gerais. "Antes de começares... lê a lista no início de cada projecto, reúne tudo aquilo de que precisas e ficas logo pronto para fazeres os teus amigos fantoches de meia!"

Importante é também a ideia da originalidade. Por isso, logo à partida, é dito: "As instruções passo a passo devem ser usadas apenas como um guia para fazeres os fantoches, portanto não te preocupes em segui-las à risca. É divertido fazer experiências com as tuas próprias ideias e materiais!"

Se o boneco ficar com um olho maior que o outro, os dentes tortos ou um nariz esquisito ainda mais imaginativa terá de ser a história por inventar. Desliguem os telemóveis que o espectáculo está prestes a começar. Divirtam-se. 

Fantoches de Meia - Kit de Artesanato
Texto e imagem | Vários autores
Tradução | Isabel Ferreira 
Edição | Jacarandá 
32 págs.+ materiais, 11,90€ 

________________

Mais Letras Pequenas...
O Casamento da Gata

Veja também...
Letra Pequena, um blogue (quase sempre) sobre livros para crianças e jovens.