Guialazer

Por PÚBLICO

Lisboa celebra os 50 anos de carreira do pintor Noronha da Costa. O Porto recebe o Ensemble Aga Khan.


"Isto Não É Só Um Écran"

A Casa-Museu da Fundação António Medeiros e Almeida, em Lisboa, acolhe a exposição que celebra os 50 anos de carreira do pintor Noronha da Costa (n.1942). No conjunto de obras estão representados vários períodos da sua produção artística e é dado destaque a uma das maiores marcas do seu trabalho: a experimentação. A curadoria é de Bernardo Pinto de Almeida. Patente até 22 de Abril, pode ser vista de segunda a sexta, das 13h às 17h30, e sábado, das 10h às 17h30. A entrada na Galeria de Exposições Temporárias é livre; para a última parte da exposição, no espaço da colecção do museu, o bilhete é de 5€.

Ensemble Aga Khan em Serralves

Junta músicos do Afeganistão, China, Itália e Síria e é a prova de que a criatividade musical foi historicamente influenciada pela confluência de diferentes ascendências culturais. Falamos do Ensemble Aga Khan, grupo de músicos inovadores que demonstram a transmissão das antigas tradições musicais a uma nova geração de executantes, mas também de públicos. No Auditório de Serralves, às 18h30, há um concerto de música contemporânea – "Nova Música dos Confins da Rota da Seda" –, inspirado exactamente nas tradições musicais da Rota da Seda. "Pensado para dar a conhecer a riqueza e a diversidade das tradições artísticas da região, este espectáculo celebra a nova música e honra a festividade mais acarinhada e venerada da região: o Navroz, que dá as boas-vindas à Primavera", diz o Museu de Serralves. A Aga Khan Music Initiative, de onde provêm alguns dos músicos do grupo que agora se apresenta no Porto, é um "encontro artístico que recorda e reinterpreta encontros musicais imemoriais nos territórios da Rota da Seda histórica". A entrada é gratuita, mas o bilhete deve ser levantado previamente.