Guialazer

Por Rita Pimenta

Cinco histórias tradicionais portuguesas contadas de novo. Mas por um mestre, António Torrado.


Só quem muito sabe das palavras e já contou e recontou pode escrever frases como esta, ao descrever o despeito de sete irmãos perante o nascimento de uma menina: "Nem vale a pena ouvir os restantes, que a música não variava, em coro ressentido. Música e coro desafinados pelo ciúme." Ou esta, também do conto "Maria Rosa e os Sete Veados Barbudos": "Todo o santo dia o príncipe suspirava, com aqueles suspiros fundos que vêm em espiral do coração à boca e não enganam ninguém"

O livro abre com a divertida história do Zé das Moscas, que ouve "assim uns zumbidos, bzz-bzz… bzz-bzz, que vêm e vão, passam e voltam, desandam e tornam. Bzz-bzz… bzz-bzz…". Andam as moscas atrás do Zé e o Zé atrás do médico, do advogado, do veterinário, do comandante da polícia e do juiz. Só queria que lhe resolvessem o problema. Não o fazem, mas, com ironia e justiça, o assunto resolve-se.

O livro está recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 4.º ano, mas, mesmo que não estivesse, este é um autor que se recomendará sempre – nos seus vários registos. Um dia, António Torrado disse ao PÚBLICO que já tinha escrito "sobre tudo e mais alguma coisa". Ainda bem. O seu escrever tem graça – e sabedoria. 

Vem Aí o Zé das Moscas e Outras Histórias
Texto | António Torrado
Ilustração | Maria João Lopes
Edição | ASA
64 págs.
10,90€

____________________

Mais Letras Pequenas...
"Será... Um Caracol?"

Veja também...
Letra Pequena, um blogue (quase sempre) sobre livros para crianças e jovens.