Guialazer

Por Mariana Mata

Este ano, a pensar na época difícil que se atravessa, corremos o país de Norte a Sul em busca de actividades gratuitas para comemorar o Dia Mundial da Criança. Para que não haja desculpas para não se celebrar um dos grandes dias da pequenada, para poder cumprir alguns dos seus direitos proclamados em 1959, pela ONU, na Declaração Universal dos Direitos da Criança, ou apenas para relembrar que as crianças são mesmo o melhor do mundo, apresentamos aqui uma selecção de sugestões para poder ir brincar com as suas.


A partida é no Minho, em Viana do Castelo, onde há dois dias de diversão. No dia 1, o Largo da Igreja da Sagrada Família é animado por "ateliers", folclore, zumba e insufláveis (a partir das 14h30). No dia seguinte, as brincadeiras passam para o Jardim da Marina e para o Jardim Público, onde jogos tradicionais, pinturas faciais e dramatizações tentam pôr Viana a Brincar (a partir das 9h).

Em Vila Real, a oferta é "indoor", com o espectáculo "Zig Zag Mag Ao Vivo – A Surpresa ao Zacarias" a animar a miudagem que se dirija ao Dolce Vita Douro. Só aí se descobre que personagens do programa infantil português (em emissão na RTP2) saltaram do pequeno ecrã para irem à festa (31 de Maio, às 16h).

Já no distrito de Braga, há "Dias Cheios de Ideias". É este o nome do evento que Guimarães dedica aos seres de palmo e meio, instalado na praça da Plataforma das Artes e da Criatividade, durante o fim-de-semana. Num convite ao faz-de-conta, em que todos podem ser inventores ou artistas, a ideia é "imaginar, opinar, fazer e partilhar" em oficinas, visitas a exposições e espectáculos de poesia ou música. No mesmo espaço, há ainda um Mercadinho da Pequenada e outro do Livro e do Brinquedo. Também por estas bandas decorre uma celebração em que o traje de honra é o pijama. Dez concelhos tentam cumprir o objectivo de juntar 25 mil participantes na Maior Caminhada do Pijama do Mundo para sublinhar que "uma criança tem direito a crescer numa família" e assim reforçar a importância das famílias de acolhimento. Vizela é um deles e leva o pijama para a rua no próprio Dia Mundial da Criança. Mostra-o ao longo de quatro quilómetros na caminhada que começa (às 10h) e termina na Praça do Município (inscrição prévia).

A iniciativa decorre também em vários concelhos do Porto, como Matosinhos (na marginal de Leça da Palmeira) ou Vila do Conde que, no mesmo dia, enche os jardins do Centro de Memória com actividades para pais e filhos. Há filmes, jogos tradicionais e pequenas oficinas de cinema de animação (das 10h às 13h e das 14h às 15h). Ao lado, na Póvoa de Varzim, a cerimónia oficial das Bandeiras Azuis serve de pretexto para comemorar na praia. É na da Lagoa que se encontram os insufláveis e as actividades desportivas na água e na areia, animadas por DJ (1 de Junho, entre as 9h e as 17h). No Porto propriamente dito, a festa dura três dias e, como habitualmente, ocupa os jardins do Palácio de Cristal com muita brincadeira conseguida através de saltos nos insufláveis, passeios de caiaque, desporto, jogos, "karting" a pedais, música e dança (30 de Maio a 1 de Junho, das 10h às 18h).

Descendo em direcção à região Centro, paramos no distrito de Aveiro. Em Estarreja decorre o RiaCON 2014 - VI Encontro de Jogos de Tabuleiro. Durante o fim-de-semana, ocupa o Parque Municipal do Antuã com 300 jogos diferentes de tabuleiro, num convite para miúdos e graúdos (31 de Maio, das 10h às 3h; 1 de Junho, das 10h às 20h). Já em Albergaria-a-Velha, a festa faz-se na Piscina Municipal com massagens e dança para os bebés, e com Mini-Olimpíadas para os mais crescidos. Com a família, podem testar as capacidades em circuitos de perícia, velocidade e agilidade, bem como participar em jogos tradicionais, receber pinturas faciais ou saltar nos insufláveis (1 de Junho, a partir das 14h30). A encerrar o dia em beleza a dançar, destaca-se o original e infantil "Bail'i" (17h30; inscrição prévia até 30 de Maio). No mesmo dia, na Mealhada, também está reservada muita brincadeira. Pinturas faciais, modelagem de balões, teatro, jogos tradicionais, uma caça ao tesouro, insufláveis e passeios de charrete com pónei espalham-se pelo Parque da Cidade (10h às 19h).

Na cidade dos estudantes, como manda a tradição, o divertimento é a valer! São cinco dias de Coimbra a Brincar, uma iniciativa da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) que acentua a importância dessa prática natural da infância. As brincadeiras sucedem-se por toda a cidade, em espaços públicos ou privados, ao ar livre ou dentro de portas, entre 28 de Maio e 1 de Junho.

Já no limite do distrito de Lisboa, Torres Vedras faz a sua habitual Grande Festa da Criança - Oeste Infantil. Este ano subordinada ao tema "Que História é a nossa?", leva miúdos dos três aos 12 anos e respectivas famílias à Expotorres, durante o fim-de-semana (14h às 19h), para brincar em mais de 40 espaços cheios de actividades. Em Loures, a Caminhada do Dia da Criança coloca os miúdos em passeio familiar por trilhos diversos, ao longo de cerca de cinco quilómetros (1 de Junho; partida às 9h do Parque da Cidade, com inscrição prévia até 29 Maio – T.211151176).

Como habitualmente, a pequenada toma conta de Cascais a 1 de Junho. Este ano, há ainda mais espaço para brincar e já não é só a baía que recebe a Festa da Criança, onde habitualmente se encontram as demonstrações de desportos como vela, canoagem, "slide" ou escalada e atracções como jogos tradicionais, insufláveis ou pinturas faciais (10h às 18h). As brincadeiras estendem-se pelo caminho até ao Parque Marechal Carmona, com carrinhos solares (na Cidadela), uma recriação natural do ambiente da Quinta do Pisão que inclui viagens de pónei (no Jardim da Parada) e a festa Somos Família (no parque), com actividades para mães, pais, bebés e avós (até às 20h). Em Carnaxide, o Centro Cívico serve de quartel-general às comemorações, com diversas propostas programadas entre 30 de Maio e 1 de Junho, que incluem corridas de rolamentos, escalada, "skate", contos e actuações musicais e desportivas. Sobre ondas corre a celebração em Algés, onde a Feira Náutica do Tejo tem um programa especial para pequenos navegadores. Da Doca de Pedrouços saem os baptismos de vela, caiaque ou "stand-up paddle", assim como os passeios nas embarcações tradicionais do rio Tejo (a partir das 10h30, com inscrição prévia). Por terra fica a animação dedicada ao mar, com piscina de bolas, gincana de barcos, jogos, pinturas faciais e um insuflável (10h às 21h).

Na cidade de Lisboa, o cinema ao ar livre toma conta do agradável Jardim da Estrela com a primeira edição do ciclo de Verão inteiramente dedicada aos mais novos (31 de Maio, às 21h). Os filmes são escolhidos pela Monstra - Festival de Animação de Lisboa e incluem "Mr. Hublot", que ganhou este ano o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação, e "Masha e o Urso" (na foto)". Não muito longe dali, o Museu da Marioneta convida as famílias a participar na sua oficina e a construir uma marioneta (das 10h30 às 12h30 e das 14h30 às 16h30). E, por falar nela, mesmo na Baixa é possível descobrir King Kong - Quem é o Monstro?, no Teatro Nacional D. Maria II.

Pela margem sul do Tejo anda o itinerante Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público. Neste fim-de-semana, oferece espectáculos em várias cidades. O "Fuzzy Dice Circus" ocupa o Largo Gabriel Pedro, em Almada, no sábado, às 21h30; e, no dia seguinte, o Parque Urbano de Montemor-o-Novo, também às 21h30. Já "Miss Umbrel*la" mostra-se na Rua dos Pescadores, Costa de Caparica, no sábado, às 17h; no dia seguinte, está no Parque Urbano de Almada, às 11h, e em Cacilhas, às 16h. Em Palmela, o 12.º OriFamília leva grupos até à Serra do Louro para a (des)orientação total, num passeio guiado com mapa que pretende também fomentar o contacto com a natureza. Ocorre a 31 de Maio, com concentração às 9h30 no Vale de Barris (inscrição prévia pelo "e-mail" josep.pinho@espalmela.net).

Já no distrito de Beja, Aljustrel faz a festa na Praça da Resistência, onde instala um centro de divertimento para miúdos com pinturas faciais, insufláveis, actividades desportivas e modelagem de balões, que são largados no final da manhã. Há ainda música e oficinas a compor esta celebração em pleno Alentejo (a partir das 10h).

Rumo ao Algarve, Portimão é a cidade escolhida para três dias repletos de diversão estendida a vários locais. Entre eles, a Casa Manuel Teixeira Gomes, onde se apresenta, no domingo, o teatro de fantoches e o "workshop" de "rainbow bloom", as famosas pulseiras de elásticos que andam no pulso de toda a gente (a partir das 10h).