Guialazer

Por Susana Pomba e Sara Dias Fonseca

Comemorado um pouco por toda a parte, o Dia Internacional dos Museus está de volta para a sua 35.ª edição. Sob o tema Museus num Mundo em Mudanças: Novos Desafios, Novas Inspirações, uma panóplia de actividades e eventos pretendem dinamizar o espaço de diversas instituições com concertos, filmes e exposições. Ateliês para crianças, visitas guiadas e palestras não vão faltar. Sempre com horário alargado e amigo da carteira, ou seja, gratuito.


Em Portugal, e um pouco por todo o mundo, o Dia Internacional dos Museus assim como a Noite dos Museus são adaptados a cada instituição. Este ano, o dia é comemorado na sexta-feira, 18, e a noite, no dia seguinte — sábado, dia 19 de Maio.  
 
Algumas actividades e eventos merecem destaque: o MUDE organiza uma performance teatral com a colaboração da St. Julian’s School intitulada “A Museum for the Broken Hearted” (com sessões às 15h, 18h e 21h, a 18 de Maio); o Museu Bordalo Pinheiro organiza uma série de visitas guiadas ao espaço e à exposição “Bicharada” de Teresa Cortez (dia 18); o Museu da Cidade propõe uma conferência, “Intervenção Arqueológica na Praça D. Luís I em Lisboa” (às 17h de 18); o Museu Nacional de Arte Antiga inaugura no sábado, 19, uma série de exposições, entre as quais “MNAA Olhares Contemporâneos. Residência Fundação EDP no Museu Nacional de Arte Antiga” que inclui obras de autores contemporâneos que podem ser vistas pelos jardins do museu; e o Museu do Fado faz “visitas cantadas” com a colaboração de Lina Rodrigues (dias 18 e 19 às 16h30 e 21h). 

De norte a sul, há ainda propostas variadas para se viajar.

NORTE

No Porto, Casa-Museu Abel Salazar, um colóquio sobre “O Mundo é feito por nós? Questionar a Arte e a Ciência em Tempos de Crise” a partir das 9h15 e possibilidade de ver a exposição “Gabinete de Anatomia – Arpad, Vieira e os desenhos anatómicos do Museu de Medicina” (até 26 de Maio).

Em Serralves (18 de Maio), a partir das 17h, trocar ideias, questionar e observar é a proposta em Conversas de Museu (levantar senha na recepção do museu a partir das 16h30). No dia seguinte, o museu propõe um percurso pelo “Mundo Secreto dos Morcegos: Ouvindo o Inaudível” (às 21h e 21h40), com orientação de Francisco Amorim e Helena Santos (levantar senha na recepção do museu a partir das 20h; actividade recomendada para crianças a partir dos 8 anos acompanhadas por adultos). A partir das 20h, há visita orientada a “Marchel Duchamp em 30 minutos”.

Em Vila Nova de Famalicão, no Museu da Fundação Cupertino de Miranda, a programação é sustentada pela exposição temporária “Entre a Palavra e a Imagem” (visitas entre as 9h30 e as 17h). Visita à exposição e sessão de cinema surrealista no auditório da fundação (às 10h e 15h).

No Museu Municipal de Esposende, a partir das 10h (18 de Maio), propõe-se a interpretação da exposição “Da Luz e do Olhar – Fotografia de Pereira Lopes”, patente na Sala de Azulejos. Da parte da tarde, a partir das 14h, decorre a visita à exposição “Esposende: a Barra, o Porto e a Navegabilidade do Cávado – Projectos e Memórias”, seguida de visita à Zona Ribeirinha, onde é possível seguir o rasto dos principais episódios da história local relacionados com o Rio Cávado.

CENTRO

A 18 de Maio, o Castelo de São Jorge promove visitas de fim de tarde (a partir das 18h) e projecção multimédia “Lisboa Quem és tu?” nas muralhas do castelo (23h).

Com partida no Mude - Museu do Design e da Moda até ao Cais das Colunas, uma performance teatral em colaboração com o St. Julian’s School (às 15h, 18h e 21h).

No Museu da Música, a 19 de Maio, diversos concertos a partir das 17h com destaque para o workshop e concerto de Taças Tibetanas/Gongos, com João Silva e Mónica Chan (18h) e um quizz musical a partir das 23h.

Visitas guiadas às exposições no Museu Bordalo Pinheiro, a partir das 10h com destaque para a visita guiada das 16h30 destinada a invisuais. Prova de vinhos e degustação de culinária às 17h30 (18 de Maio).

No Museu Nacional do Teatro (18 de Maio) um espectáculo infantil às 10h30 (a partir dos 5 anos) e, a 19 de Maio, concerto Quarteto Quinto B a partir das 21h30 seguido de uma peça de teatro “A Partir de Textos de Tchekov”, às 22h15.

O Museu da Cidade de Lisboa propõe, dia 18 de Maio, visitas guiadas às exposições (a partir das 10h30) e oficina de preservação do papel (destinados aos 2º e 3º ciclos do ensino básico e secundários). Inauguração da exposição “Woundscapes - Suffering, Creativity and Bare Life” às 18h.

Nas Caldas da Rainha, o Museu José Malhoa apresenta também visitas guiadas e ateliês de pequenos artistas (com ateliê do movimentos, do som e ateliê Malhoa), a partir das 10h. Às 14h30, peça de teatro sobre o “Capuchinho Vermelho”, pelo grupo de Educação Especial Rainha D. Leonor (18 de Maio). A 19 de Maio, as visitas guiadas e os ateliês são das 16h às 20h e, pelas 21h30, um concerto da Orquestra Ligeira da Sociedade Musical e Recreativa Obidense.

SUL

Em Almada, oficinas para grupos escolares e visitas guiadas no Museu da Cidade, Museu Naval e Núcleo Medieval/Moderno e Elevador da Fonte da Pipa. As oficinas são para alunos do Pré-Escolar e 1.º ciclo, dias 18 de Maio e 25 de Maio a partir das 10h (com marcação prévia e número limitado de inscrições). A programação inclui ainda a inauguração de uma nova exposição temporária no Museu da Cidade “Memórias do Cinema em Almada” (visita guiada a 19 de Maio, às 15h) e a abertura das novas instalações do Museu Naval, dia 26, com a inauguração da exposição “Na Rota do Progresso: A Industria Naval em Almada”.

No Museu de Évora, a 19 de Maio, concerto pelo Coral de Évora e Coro da Ordem dos Engenheiros de Lisboa a partir das 16h e inauguração da exposição “Desenhos de Joaquim Bravo – Colecção do Museu de Évora” (às 18h).

No Algarve, o Museu Municipal de Arqueologia de Albufeira, a partir das 17h propõe a apresentação pública do projecto “Casas com História” (18 de Maio).

Mais informações no site do Instituto dos Museus e Conservação