Guialazer

Museu da Marioneta

Por Daniel Rocha

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 4 votos
(carregue na posição pretendida para votar)


16.01.01

Com uma colecção permanente organizada em vários núcleos que permitem conhecer a história e as origens das marionetas e todo o tipo de técnicas de manipulação, o Museu reabriu renovado em Novembro de 2008, com melhores condições e com uma nova adição ao seu acervo: a colecção de Francisco Capelo de máscaras e marionetas orientais, com mais de 500 peças.


Nesta nova apresentação do museu, que alargou condições de segurança e melhorou espaços de acolhimento, foi também renovada a capela do Convento das Bernardas, criando assim um novo espaço para exposições temporárias e espectáculos.

A exposição permanente está dividida em seis núcleos: "A Sombra", "O berço da marioneta", "A Máscara", "As grandes tradições", A Marioneta portuguesa" e "A Marioneta e as novas tecnologias".

No núcleo dedicado à Marioneta Portuguesa, por exemplo, podemos ver os conhecidos Bonecos de Santo Aleixo, marionetas de cariz popular originárias do Alentejo. Estas marionetas ou títeres - como também são chamadas - são pequenas marionetas de varão (entre 20 e 40 centímetros) concebidas para espectáculos ambulantes e representadas em palcos em miniatura chamados de retábulos, construídos em madeira e tecido. Ainda dentro do espaço dedicado à marioneta portuguesa, podemos ver peças do Teatro do Mestre Gil ou do Teatro Robertoscope, um tipo de marionetas de cariz urbano com preocupações artísticas e didácticas. A completar a família "portuguesa" estão as marionetas de São Lourenço, que representam um tipo de teatro mais erudito de cariz operático. Foram criadas em 1974 com a fundação da Companhia de Marionetas de São Lourenço e do Diabo, um projecto de ópera bufa de José Alberto Gil, Fernando Serafim e Helena Vaz.

A colecção de Francisco Capelo, com mais de 500 peças em acervo desde Novembro de 2008, reúne máscaras e marionetas orientais provenientes de Java, Sri Lanka, Birmânia, Tailândia, Índia e Vietname.

PÚBLICO



Última actualização a 05-04-2013
Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.