Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Quando nas Capelas Imperfeitas do Mosteiro da Batalha se ouvir o tom neoclássico dos italianos Ahsram, estará aberta a décima edição do Extramuralhas.


Depois deste concerto, o festival gótico de Leiria, que em 2018 mudou de nome porque galgou as ameias do castelo (chamava-se Entremuralhas), segue para a cidade para ocupar quatro dos seus espaços.

O Teatro José Lúcio da Silva recebe o "Vikings Chant" dos Skáld, o cenário industrial dos Test Dept, a actuação final dos Siglo XX e a synth-pop negra de She Wants Revenge.

Ao Stereogun vai o pós-punk dos Actors e Traitrs, bem como The Lust Syndicate, projecto de Simone "Spiritual Front" Salvatori.

No Museu de Leiria, ambientam-se o minimalismo de Les Fragments de la Nuit e as batidas (electrónicas e orgânicas) de Meta Meat.

No Jardim Luís de Camões, há encontros marcados com Henric de la Cour a apresentar "Gimme Daggers" e com três duplas: Light Asylum (Shannon Funchess e Bruno Coviellona), Black Nail Cabaret (Emese Arvai-Illes e Krisztian Arvai) e os misteriosos Wulfband.