Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Movido a dança contemporânea, "performance", música e pensamento, o festival Circular chega à 14.ª edição com 11 propostas.


O primeiro espectáculo é do francês Christian Rizzo, de regresso ao certame com "Ad Noctum", uma tentativa de "devolver uma visibilidade actual a motivos decorrentes da prática da dança popular e por vezes anónima". O último, igualmente em estreia nacional, será "Deixa Arder", da brasileira Marcela Levi e da argentina Lucía Russo, "uma dança assombrada" em que vale "invadir, pilhar, empilhar e transtornar".

Entre eles, há uma conferência-"performance" de Joclécio Azevedo com Isabel Costa ("Modo de Usar"), uma peça de Clara Amaral ("Do You Remember That Time We Were Together and Danced This or That Dance?") e uma criação do artista residente João dos Santos Martins com Ana Jotta e Cyriaque Villemaux ("Onde Está o Casaco?").

O programa completa-se com a exposição "Cinco Filmes e Uma Máscara", de Ricardo Jacinto (que fará ainda o concerto-instalação "Medusa Spectrum" com Nuno Torres), o lançamento do disco homónimo de João Pais Filipe, um debate realizado por Joana von Mayer Trindade e Hugo Calhim Cristóvão, e um concerto de João Tiago Dias com música de José Alberto Gomes (dupla que dará também uma aula aberta).