Guialazer

Eu vou (6 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

O festival que celebra a marioneta contemporânea está de regresso a vários espaços da Invicta com companhias vindas de França, Itália, Alemanha e Grécia, para além das portuguesas, que se fazem representar com várias criações, algumas em estreia absoluta.


Entre os portugueses, destacam-se o Teatro do Ferro com “O Acidente” e a Tarumba com “Cabaret de Insectos – Dracularium Freak – Episódio I”. O Teatro de Marionetas do Porto marca presença com o “Teatro Dom Roberto” e o “Ovo” e da parceria do festival com o Teatro do Ferro e Manobras no Porto surgiu “Sombras da Rua de Trás e Arredores”. De França vem o “Western” do Théâtre de L’arc-en-Terre e “Nos Solitude”, de Julie Nioche. Da Grécia “The Black Vinyl” e da Alemanha, Uta Gebert com “Limen”.

 

Para além de mais criações, parcerias e encontros com os artistas, a programação inclui ainda uma exposição/instalação – “Fuga Geográfica”, de Rodrigo Malvar –, espectáculos de rua e workshops.