Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

O dia 17 de Janeiro seria feriado se tivesse sido respeitada a vontade de Robert Filliou. Nos anos 1960, o artista francês sugeriu que se celebrasse, nesta data, o aniversário da arte, contado a partir do momento em que alguém teria deixado cair uma esponja seca num balde com água, há milhares de anos – 1.000.058, mais precisamente.


Pegando nesta proposta poética, o Teatro Viriato decidiu soprar-lhe as velas e brindar a este sector tão abalado, com um "cocktail" de teatro, vídeo, conversas, desenho, música, dança, cinema, etc., alinhado com parceiros como o Museu do Côa, o Grão Vasco, os Jardins Efémeros, o Cine Clube de Viseu, a Companhia Paulo Ribeiro, a galeria Zé dos Bois ou a Carmo’81.

Dos espaços do teatro, a maratona mudou-se para o ​SubPalco online, depois de uma desafiante reformulação forçada pelo confinamento.

É dedicada ao artista Ernesto de Sousa (1921-1988), ele próprio um promotor do aniversário da arte – fez a primeira festa em Coimbra, em 1974.

Programa completo aqui.