Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

A 22 de Maio de 1998, todos os olhares estavam no que hoje conhecemos como Parque das Nações: era inaugurada a Expo 98, ao embalo d'"Os Oceanos". É a este tema que o Pavilhão do Conhecimento (dos Mares, na altura) regressa numa festa em que "instituições que produzem conhecimento sobre o mar mostram ao público o que mudou nos últimos 20 anos".


Uma forma é conversar com cientistas. Outra é observar as criaturas marinhas criadas pelos artistas-surfistas João Parrinha e Xandi Kreuzeder a partir de lixo recolhido do mar, na exposição "Skeleton Sea". Outras: construir pequenas embarcações (a testar nos lagos dos vulcões de água), montar uma réplica de uma caravela, medir a hora solar e a latitude com métodos dos tempos da expansão portuguesa, usar materiais simples para recriar correntes marinhas e outros fenómenos naturais, ou acompanhar a "Ciência Fresquinha" da bicicleta que, em vez de gelados, serve conceitos científicos explorados de forma divertida.