Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

A cultura caramela torna a ter lugar de destaque em Pinhal Novo. Não falamos de doces, mas da herança cultural e gastronómica dos caramelos, designação por que ficaram conhecidos os trabalhadores rurais que migraram das beiras para esta região.


Durante três dias, tradições e costumes são reavivados numa recriação histórica das antigas feiras, com figurantes trajados a rigor e a sopa caramela como estrela da ementa. Esta terceira edição acontece, aliás, no ano em que a iguaria integra a candidatura de Palmela a uma das Sete Maravilhas à Mesa.

O programa da festa fica completo com produtos locais, animação de rua, demonstrações de ofícios de outros tempos, danças, contos, conversas, música e (novidade do ano) o projecto de som de rua "Telefonia Caramela".

As crianças não ficam à porta: para elas, está montado um Mercadito Caramelo recheado de "workshops", fantoches, jogos tradicionais e outras actividades.