Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

Para as crianças e jovens que gostam de representar, a academia faculta aprendizagens nos domínios da improvisação, voz e canto, movimento e dança; representação diante da câmara; e realização de minifilmes, em que os participantes são os protagonistas.


Prometido está, diz o programa, ficarem a conhecer o mundo da representação e desenvolverem capacidades de desempenho individuais e em grupo. São assim descritos os objectivos: "Desenvolver o espírito e o impulso criativos, a imaginação e os seus mecanismos; fazer crescer a habilidade de pensar e o sentimento de autoconfiança; desenvolver o espírito de cooperação e a sociabilização; desenvolver o hábito e as possibilidades de expressão e comunicação; experimentar técnicas de representação e de improvisação verbais e não-verbais; contactar e interagir de forma natural com o mundo multimédia e audiovisual." É só fintar a timidez e avançar.