Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Para os eborenses, 2019 foi o ano da despedida de uns vizinhos especiais: os monges que, durante séculos (quase quatro no total, descontando o interregno no século XIX), habitaram o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, mais conhecido como Convento da Cartuxa.


Saíram os últimos, ficaram as "Saudades dos Cartuxos". A exposição da Fundação Eugénio de Almeida, com curadoria de José Alberto Ferreira, mostra cenas da vida monástica captadas por Daniel Blaufuks, Eduardo Gageiro, Francisco Pereira Gomes, Jerónimo Heitor Coelho, José M. Rodrigues, Mark Power, Nacho Doce, Paulo Catrica e Virgílio Ferreira.

Tudo para firmar, como escreve na folha de sala o arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, "uma marca que perdurará para sempre no eco desta cidade: a memória da sua sobriedade, a valorização do mistério na linguagem do silêncio, a permanente gratuitidade da sua oração e o som do seu sino, sempre fiel e anunciador da certeza de uma oração vigilante".

Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 0 votos
(carregue na posição pretendida para votar)