Guialazer

Eu vou (2 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Pelo quarto ano consecutivo, a madrilena Arco monta também em Lisboa uma vasta panorâmica da arte contemporânea internacional.


Mais de 70 de galerias de 17 países entram no catálogo deste ano da ArcoLisboa, sob direcção de Maribel López. Dessas, 24 são portuguesas. E seis são africanas. Vêm representar a produção de África do Sul, Angola, Moçambique e Uganda na secção-novidade desta edição: África em Foco.

Mantêm-se as outras secções: Programa Geral, Opening (jovens galerias com menos de sete anos no circuito) e Projectos (artistas individuais).

A oferta artística é complementada por debates, conferências, conversas e uma série de exposições que se estende a outros locais de Lisboa para além da sede da feira, na Cordoaria Nacional.