Guialazer

Eu vou (2 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

Gary Hill, um dos mais conceituados artistas norte-americanos, cria uma obra especificamente para a Sala das Caldeiras da Central Tejo, seguindo a linha de experimentação formal e tecnológica que encetou no final dos anos 1970 com "Electronic Linguistics". Feita de "presenças espectrais e fantasmagóricas" – diz a nota de imprensa – que remetem para "um misterioso mundo pré-industrial e pós-apocalíptico", a exposição inclui um "Percurso Secreto".