Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

Candido Portinari (1903-1962), pintor essencial da arte brasileira e do neo-realismo em particular, ficou conhecido pela forma como captava o quotidiano popular, da vida nas favelas às expressões culturais. As duas obras aqui expostas são disto exemplo: "Chorinho", sobre a música popular, e "Cavalo-marinho", descrita em nota de imprensa como "uma representação festiva de narrativas declamadas".