Guialazer

Eu vou (12 Pessoas vão a este evento)

É um "aquário de autor". O primeiro do Oceanário de Lisboa. Feito por Takashi Amano, fotógrafo e mestre na aquariofilia de água doce, os chamados “nature aquarium".


É um enorme aquário, em forma de "U", com 40 metros de comprimento e 160 mil litros de volume. Lá dentro, Takashi Amano compôs uma floresta com quatro toneladas de areia, 25 de rocha vulcânica dos Açores e 78 troncos de árvores da Escócia e Malásia. Mas há mais: 40 espécies de peixes tropicais de água doce e 46 de plantas aquáticas. Esta floresta debaixo de água, viva e em constante mutação, estará pelo menos 30 meses em exibição.

A visita é acompanhada por música de Rodrigo Leão. O compositor escreveu uma peça inédita para a exposição – uma suite de 13 minutos –, a que chamou "Floresta submersa".