O Guia de Lazer já não é actualizado

Leia-nos no Ípsilon, Fugas e Relaxar

Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Susana Pomba

“Eu sou muitos”. O poeta e os seus heterónimos numa mostra que explora a obra e a vida de Fernando Pessoa através dos livros, documentos, fotografias e pinturas.


Depois de inaugurada em São Paulo, em 2010, e mostrada no Rio de Janeiro, em 2011, "Fernando Pessoa, Plural como o Universo" chega a Lisboa. Os quatro mais importantes heterónimos - Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Bernardo Soares - e, claro, o ortónimo têm espaços privilegiados na mostra, assim como a componente audiovisual: filmes, vozes e sons, poemas ditos e livros que se podem desfolhar digitalmente.

"Fernando Pessoa, Plural como o Universo" inclui ainda documentos inéditos, pinturas e objectos nunca vistos em Portugal, assim como uma grande mesa, com oito metros de comprimento, onde o visitante pode encontrar e desfrutar de toda a obra do autor.

Feita para assinalar o Ano do Brasil em Portugal e comissariada por Carlos Felipe Moisés e Richard Zenith, esta exposição foi organizada pela Fundação Roberto Marinho e pelo Museu da Língua Portuguesa de São Paulo, com apoio da Fundação Gulbenkian.