Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

A actual crise financeira e a visão de artistas plásticos nacionais e estrangeiros sobre o dinheiro como "Deus da época moderna". Até 5 de Setembro no Pavilhão Branco do Museu da Cidade, em Lisboa.


O comissário Miguel Amado inspirou-se no livro "A Filosofia do Dinheiro", do filósofo alemão Georg Simmel, publicado em 1900 para construir esta exposição, questionando a actual crise financeira. 28 artistas portugueses e estrangeiros expõem peças, algumas das quais propositadamente produzidas para esta exposição, que investigam o dinheiro nas suas várias vertentes - como símbolo, ícone ou meio de troca, por exemplo.

Os portugueses Mariana Silva, Joana Bastos, Sara & André, Sparring Partners, Rita GT e Yonamine, e os estrangeiros Cildo Meireles, Michael Elmgreen & Ingar Dragset, Mads Lynnerup e Alfredo Jaar, entre outros.

S.Po.(PÚBLICO)

Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 0 votos
(carregue na posição pretendida para votar)