Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

O décimo GUIdance - Festival Internacional de Dança Contemporânea traz esta declaração de princípios: "Dança é uma palavra no feminino". Daí que nove dos 11 espectáculos tenham assinatura de mulheres.


São elas Tânia Carvalho ("Onironauta"), Vera Mantero, coreógrafa em foco este ano ("Os Serrenhos do Caldeirão" e "Esplendor e Dismorfia", este a meias com Jonathan Uliel Saldanha), Joana Castro ("Rite of Decay"), Sofia Dias ("O Que Não Acontece", com Vítor Roriz), Marlene Monteiro Freitas ("Bacantes - Prelúdio para Uma Purga"), Aldara Bizarro e Fernanda Fragateiro ("Caixa para Guardar o Vazio"), Elizabete Francisca ("Dias Contados") e Marie Chouinard (sessão dupla com "A Sagração da Primavera" e "Henri Michaux: Mouvements").

As excepções à regra são o regresso ao festival de Akram Khan com "Outwitting the Devil" e o bailado pai-filho de Sylvain Bouillet e da sua Naïf Production em "Des Gestes Blancs".

Aos espectáculos, que incluem quatro estreias nacionais e duas absolutas, juntam-se "masterclasses", conversas e debates.

Programa completo aqui.