Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

A coreógrafa e bailarina Né Barros apresenta uma peça que descreve como situada na "zona de exploração do corpo e das identidades muitas vezes fixadas na noção de raça e de marca territorial", atenta aos "Muros" – reais ou metafóricos – que interferem com os movimentos de "migrantes, deslocados, refugiados, exilados" que marcam a actualidade.


Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 0 votos
(carregue na posição pretendida para votar)