Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

O coreógrafo Rui Horta regressa como intérprete, algo que não acontecia há 30 anos. Diz que "Vespa" tem a ver com "coisas que temos dentro da cabeça", como "um zumbido a roer o pensamento". Não é uma peça autobiográfica, garante, mas antes um "olhar sobre o futuro, um reduzir do homem a uma ínfima partícula do cosmos, contemplado com alguma perda, muita compaixão e uma boa dose de ironia".