Guialazer

Eu vou (7 Pessoas vão a este evento)

Por PÚBLICO

Sujeito e objecto do espectáculo, Barbora Hruskova interpreta a memória do seu próprio corpo enquanto bailarina. Em palco, movimenta-se ao som do piano de Mário Laginha, que interpreta a música original, composta especialmente para a ocasião, sob direcção de Tiago Rodrigues, também autor da peça.


O convite ao encenador, dramaturgo e agora director artístico do Teatro Nacional D. Maria II veio da Companhia Nacional de Bailado (CNB) que produz este projecto para uma bailarina e um pianista. O objectivo era, segundo Luísa Taveira, directora artística da CNB, que Barbora falasse e dançasse "sobre a sua longa carreira", revelando como o repertório "deixou marcas indeléveis num corpo que parece frágil".

Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 5 votos
(carregue na posição pretendida para votar)