Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Desde que deram a ordem "Virou!" – nome do disco de estreia – que os Diabo na Cruz andam a entrar com garage-rock por um baile popular adentro. A audácia de cruzar a electricidade das guitarras com a tradição portuguesa tem resultado em cheio e continua a ser, nove anos e quatro álbuns depois, a missão da banda de Jorge Cruz. O mais recente saiu de uma recauchutagem criativa e de um par de anos de ausência dos palcos. Chama-se "Lebre" (2018) e está pronto a disparar em passo de corrida.