Guialazer

Ice Lovers

Por Marco Duarte

Votos dos Leitores


Média da votação dos leitores, num total de 1 votos
(carregue na posição pretendida para votar)


17.11.15 Por Joana Guimarães

No centro do Porto, uma nova gelataria abriu portas onde antes havia uma loja para noivas. O passado é lembrado com amor e não só: na Ice Lovers, os antigos vestidos de noiva são agora as fardas de quem serve gelados artesanais.


A ideia surgiu do arquitecto que transformou a Teia, a mais antiga loja de noivas da Invicta, em gelataria. Lá fora ainda está o anúncio da loja, uma teia de aranha desenhada ao lado do nome da casa. Já lá dentro, é o novo nome, Ice Lovers, que ocupa toda uma parede deste espaço moderno, acolhedor, onde os gelados se tornam prato principal do “copo-d’água”.

Paula Luta, uma das sócias do negócio, explica-nos que a forma como decidiram implementar o toque final neste casamento de sabores foi feita por acaso. Quando o arquitecto responsável pelo projecto sugeriu que vestissem as funcionárias de noiva, a ideia não foi logo aclamada, tendo antes sido uma decisão de última hora, tomada a dois dias da abertura. “A verdade é que resultou, pelo que decidimos implementá-la como uma espécie de uniforme na gelataria”, sintetiza.

A antiga loja de noivas chegou à família da Paula através de um trespasse feito ao pai em 1999. Uma década depois, seriam ela e o irmão, Francisco Pedro, a tomarem as rédeas do negócio, mas o tempo trocou-lhes as voltas. “O turismo levou-nos a fechar a Teia. Como loja de noivas o espaço já não estava a funcionar”, afirma Paula. Assim, decidem reaproveitar a casa mas mudar de ramo: “Neste momento, a restauração é que está a dar no Porto”, sublinha a sócia. Paula decide assim apostar numa "paixão" sua, a dos gelados. O produto é todo artesanal, confeccionado apenas por ela e por outra funcionária. Investiu num curso em Aljezur, conduzido por um casal de italianos, onde aprendeu tudo o que podia sobre a arte.

O conceito parece ter agradado aos clientes, que vêem a originalidade e acabam por entrar na gelataria. “Perguntam logo o porquê de estarmos vestidas de noiva”, adianta, referindo que “as pessoas mais antigas conheciam a casa [de noivas], mas os mais jovens já não associam”. Ainda assim, talvez algumas das antigas clientes reconheçam também quem lhes serve os gelados: é que três funcionárias que trabalhavam na Teia não perderam o emprego, pelo contrário, acompanharam também a mudança de ramo e “casaram” com a Ice Lovers.

E as “noivas dos gelados” já correm mundo, particularmente nas redes sociais. Em jeito de brincadeira, Paula refere: “Tirei mais fotografias na abertura do que no meu próprio casamento”. “Só tinha uma fotografia no Facebook e agora julgo estar a correr mundo com as fotografias”, realça.  

Por aqui, há gelados para todos os gostos, desde o clássico de morango ou chocolate até a criações com base noutras doçuras (casos de Snickers ou M&M’s) ou uma homenagem à cidade e região com um gelado de vinho do Porto. A casa, que quer também apostar em “gelados da época”, com as frutas típicas de cada estação, tem também um gelado especial, que lhe dá nome, composto por três sabores: iogurte, morango e chocolate, barrado com fondant de chocolate negro. Mas a festa também se faz para além dos gelados. Quem quiser, pode ainda optar por declarar o seu amor aos sumos naturais, batidos, chocolate quente, bolos, waffles ou crepes.

Se algum destes dados não estiver correcto, diga-nos.